sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Metal e sua Santidade - Conteúdo!

Hail Brothers of Metal!

Eis-me aqui agora, Mr. Tavar, para falar de mais uma das virtudes de nosso divino e santo Metal. Primeiramente por primeiro para começar, Mr. Tavar vai começar contando uma pequena história.
Um dia, Deus Metal estava dando uma olhada nas letras das músicas que estavam sendo criadas na Terra. Do alto, vossa Santidade Metal percebeu que era quase tudo muito vazio. Isso o entristeceu um pouco, pois viu que as músicas estavam se tornando invés de uma arte inteligente e bela, um mero produto comercial, sem conteúdo, sem sentimento. Nos céus, Deus Metal teve uma iluminada ideia e exclamou:
https://lh4.googleusercontent.com/-hAQCleM8Ttw/TXU9COmyb3I/AAAAAAAAABc/h8cIYcdfGQ4/Deus_metal%25282%2529.jpg
Isso está errado! Forjarei agora um outro tipo de música, que seja uma arte, que tenha "sentimento" e que tenha conteúdo, uma música que tenha o poder da libertação!
Assim nasce o Metal
Mentira. Assim nasceu o Rock. Mas esse foi o embrião do Metal.
Mas como o foco aqui é o Metal, e todos sabem que no Metal, o conteúdo é sempre mais aprofundado, vou falar um pouco sobre o conteúdo metal e sua variabilidade. 
Podemos perceber que, diferente do profano pop, do satânico funk carioca e do demoníaco pagode, o Metal tem um conteúdo lírico extremamente rico. Querem saber o por que? Mr. Tavar fala o "por que?" : O Metal é Arte!!! Uma arte bem feita e que se preocupa com a mensagem a ser passada, com as reações do admirador da arte e com os sentimentos que ela vai passar (leia-se feeling). O resto (não tudo, mas pelo menos tudo que está na moda) é um produto, por isso que as letras são sempre as mesmas e não há preocupação com o conteúdo e não tem feeling, tem a única finalidade de ser vendida.
http://graphics.ink19.com/magazine/printReviews/heavyMetalFunTime.jpeg

Podemos então encontrar músicas falando de diversão, como alguns Hard Rock alegres:

Músicas falando sobre o sistema e a sociedade:

Encontramos muito bom-humor:

Encontramos músicas que falam sobre religião, explorando vários aspectos e expondo muitos pontos de vista, porque o Metal não tem medo de contestar dogmas!:

Músicas belas e românticas, mas o diferencial aqui, é que as músicas românticas tem algo que as músicas de Pop & Cia. não tem, feeling!:
 

 Temos aulas de história:

Temos assuntos obscuros e macabros para afrontar os medrosinhos e essa sociedade que só gosta de coisa "FfFfOoOofFfUuUxXxXaAaAa:

Bem, acho que isso é o bastante para Mr. Tavar provar que Metal, queira você ou não, é música inteligente, com conteúdo e feeling, uma verdadeira arte, diferente dos produtos comerciais chamados de pop ou música colorida.

Hail & Metal Up!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário